Este site mudou!

Agora estou com uma estrutura bem mais bonita e moderna. Em instantes você será redirecionado ao novo endereço do site que é pura propaganda!
Não foi? Então visite
www.30segundos.com.br
e aproveite para atualizar o seu bookmark.

quarta-feira, 23 de julho de 2008

Coca-Cola (gravidade) Zero

A Coca-Cola é uma empresa que dedica boa parte de sua verba publicitária às novas mídias e dá uma atenção toda especial às mídias sociais. É comum vermos os comerciais da Coca-Cola sendo muito comentados na Internet e eventualmente filmes feitos exclusivamente para o meio digital fazem tanto sucesso que acabam chegando à TV.

No momento, há duas campanhas online que merecem destaque. As duas da Coca-Cola Zero. A primeira é o advergame em parceria com a Nascar que já está viciando muita gente. E a segunda, é este viral feito pela Corporação Fantástica para participar de uma competição de vídeos virais iniciada pela Bitfilm e a McCann Erickson alemã.

O vídeo é bem interessante e divertido. Os caras dançando são hilários e o efeito até que ficou bem interessante, apesar de não ser nenhuma obra-prima. E antes que alguém diga que foi chupado do comercial do Mentos, eles já se anteciparam e a página do vídeo já diz que a peça é uma resposta àquele comercial. Força para o pessoal da Corporação Fantástica e tomara que eles se saiam bem na competição.

terça-feira, 22 de julho de 2008

Amo muito o labirinto!

Depois do Homer Simpson e de um site de pornografia, chegou a vez do McDonald's anunciar para quem vê de cima. Nos Estados Unidos a fazenda dos Benson é famosa há muitos anos por um labirinto, digamos "entalhado", em um imenso milharal. A atração faz sucesso principalmente entre os jovens, que adoram o programão de índio que é se perder no meio das plantas.

A parte de cafetaria do McDonald's, o McCafé, acredita nessa diversão toda. Acredita tanto que o labirinto foi todo moldado com o logo, os slogans deles e ainda criaram tarefas para os visitantes resolverem e assim conseguir dicas para sair da roubada.

McMaze

Olha só que máximo: você vai de avião até Denton (cidade da atração), vê aquele lindo anúncio de cima e depois anda por dentro dele! Isso é que é interatividade! E por apenas uma doleta a mais no preço do seu ingresso, você ainda pode ter monstros te perseguindo. Realmente, é o tipo de branded entertainment que só com muito café para aguentar. De preferência com uma dose de cachaça. Certo, Jeremy Joseph?!

segunda-feira, 21 de julho de 2008

20 anos doing it!

JDI Um dos slogans mais bem sucedidos da publicidade mundial, o Just Do It, da Nike está completando vinte anos. O slogan foi criado para exaltar os feitos dos grandes esportistas que a marca patrocina e para celebrar as duas décadas, nada mais apropriado do que usar as histórias de coragem e superação dos atletas que ajudaram a construir este conceito.

Para divulgar a comemoração, a Wieden & Kennedy produziu um filme onde aparecem os principais esportistas patrocinados pela Nike. Daiane dos Santos é a única brasileira citada. Teasers já estão sendo veiculados em mercados-chave e o filme principal, de um minuto, começará a ser transmitido no dia oito de agosto, início das olimpíadas. Apesar de não ser patrocinadora oficial dos jogos, a Nike é responsável pelo vestuário de mais de 100 federações.

daiane

Um hotsite já está funcionando onde os usuários podem interagir deixando suas histórias e comentários, ver o vídeo com o auxílio de uma barra onde se lê o nome dos atletas e um pequeno texto relatando seus feitos. Ainda é possível complementar as informações com um link para vídeos relacionados a cada atleta no YouTube. A trilha é a música All these things that I want, do The Killers.

O filme em si, não tem nada demais. Na verdade, eu penso ser até muito pouco, se considerada com a importância do feito deste slogan. Não é todo dia que uma frase faz vinte anos sendo o ícone de uma marca e ainda permanece atualíssima e com muito apelo popular. A coisa toda acaba sendo interessante de se ver apenas pela Internet, já que você tem a ajuda das informações no momento em que cada atleta aparece, mas fica só nisso mesmo com tanto terreno a explorar. A menos, é claro, que você queira relembrar o caso Ronaldo e sacaneá-lo por não aparecer no filme.

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Não mexa na minha conexão!

No início deste mês, o assunto mais recorrente entre aqueles ainda tinham conexão com a Internet era a pane da Telefônica, empresa de telecomunicações responsável pelo acesso à Internet de milhões de pessoas no estado de São Paulo. Frequentadora assídua das salas de conciliação do Procon, a empresa se vê agora em meio a um sem fim de reclamações online e offline manchando sua imagem.

Mesmo após o pedido oficial de desculpas e reparações, o resultado de se cortar a internet de milhões de empresas, blogueiros, miguxos e blogueiros-miguxos, foi estrondoso: 11414 citações envolvendo palavras como pane, falha, problema e apagão em diversas publicações online nos últimos dias, segundo a e.Life.

Podemos com isso analisar algumas falhas graves do ponto de vista de Relações Públicas e comunicação de crise que poderiam ter amenizado o ataque a uma imagem já tão arranhada. Eles demoraram muito para se pronunciar, deixando as críticas rolares soltas. Outro erro foi não tentar direcionar a atenção do consumidor para outra coisa, como criar uma nova promoção imperdível, por exemplo.

Para quem tem um serviço de Internet tão pouco confiável e com altas taxas de reclamações, deslizes em Relações Públicas são a última coisa a se cometer. Com esse pessoal perigoso que escreve blogs não se pode brincar!

terça-feira, 15 de julho de 2008

Comentários ruins? Nem tudo está perdido!

Imagine a cena: você começa, todo empolgado, a preparar um blog para a sua empresa e tudo vai às mil maravilhas. Seu chefe adora o que você escreve, os comentários são excelentes na empresa e no blog e você se sente nas nuvens. Mas aí, a companhia faz alguma coisa que desagrada aos clientes e de repente chovem comentários cruéis no blog a respeito da empresa e seus serviços. Você começa a se desesperar porque o chefe começou a achar que aquilo tudo é desastroso para a imagem corporativa e os papos sobre novos rumos na carreira e começar do zero começam a ficar recorrentes.

Imaginou? Pois saiba que aquele cenário não é tão ruim quanto parece. Ao contrário, podem ser uma grande oportunidade em termos de Relações Públicas para o seu empreendimento. Mas como transformar reações inflamadas de clientes (leitores) insatisfeitos em vantagem corporativa? A resposta você pode ver aplicada nas eleições presidenciais estadunidenses.

O candidato Barack Obama, com sua rede social na Internet, criou uma maneira de manter próximos tanto os que apóiam quanto os que rejeitam sua candidatura. Pense bem: se os contrários a ele estão em seu território comentando, tornam-se alvos fáceis para sua equipe e para seus apoiadores, que necessariamente iniciarão uma discussão. Isso pode convencer muita gente a mudar suas convicções.

Então, a melhor maneira de ganhar esta fatia de mercado é levar em conta toda a opinião que chegar até você e entrar na discussão. Quando você fomenta assuntos polêmicos ou de grande apelo social, fatalmente atrai pessoas com opiniões divergentes e muitas delas fazem questão de deixar clara sua insatisfação justamente para que haja debate. Alimentar o debate é a forma mais eficaz de aumentar as chances de você ganhar aqueles que não simpatizam com você. Aprimore os seus argumentos. Mesmo os que têm as opiniões mais ferrenhas podem mudá-las e aumentar ainda mais a parcela dos que gostam do que você produz.

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Café da Starbucks para curar a ressaca!

AMY WINEHOUSE

Todas as marcas sempre tomam o maior cuidado ao escolher seus garotos-propaganda. Um astro da moda, atrai uma legião de fãs para a marca, mas também sujar a sua imagem em sgundos ao se envolver em escândalos. Pense bem: quem quer ter uma confusão com travestis associada à própria imagem?

A Starbucks, famosa cafetaria internacional, é uma marca que se preocupa muito com a percepção dos clientes, tanto que adota estratégias de marketing para que sues clientes tenham maior idéia de vantagem ao comprar seus produtos. Eles se importam em saber se você está satisfeito ou não com o valor que pagou pelo café.

Eles se importam não só com essa percepção, mas também com a imagem que vão passar para os clientes, por isso contrataram nada menos que Amy Winehouse para ser a garota-propaganda da marca. A cantora, famosa por seus porres homéricos, suas noitadas movidas a drogas pesadas, escândalos, brigas e prisões vai ilustrar e fazer a trilha das campanhas com algumas de suas canções adaptadas para que tenham relação com o café.

Será que eles querem dizer que pra curar aquele monstro, só com muito café? E não é qualquer um. É o "melhor café do mundo". Preto e sem açúcar, de preferência.

terça-feira, 8 de julho de 2008

O que você vai fazer no Dia do Rock?


Os tênis All Star são um ícone dos anos 80. Foram amplamente usados naquela época e após um sumiço voltaram com força total. Só que voltaram com modelos bem mais estilosos e acertaram em cheio no gosto do pessoal que curte Rock n' Roll e dos mais antenados por aí.

Aproveitando que o Dia do Rock está para chegar (13/07), a Converse, fabricante dos tênis, está promovendo um concurso cultural através da agência VOID que vai premiar os melhores participantes com um par bem legal de All Star. No site da campanha o internauta deixa uma frase dizendo o que fará para comemorar o Dia do Rock. Já está cheio de pérolas por lá.

Além do concurso, também está sendo planejado um "Flashrock", as pessoas marcam previamente via Internet e se reúnem para o evento (estilo flashmob), nos mesmos moldes do que já ocorreu no ano passado. É uma promoção com bastante atitude e deve acertar em cheio no gosto do público-alvo.